Explando Aruba II: Terras & Colinas

Melanie Martins, ArubaMelanie Martins, ArubaMelanie Martins, ArubaMelanie MartinsMelanie Martins, ArubaMelanie Martins, Aruba

Após termos explorado as praias e mar de Aruba, é hora de se vestir e explorar as terras e o interior da ilha!

Como mencionei no meu post anterior sobre Aruba (se não tiveste oportunidade de o ler, podes dar uma espreitadela aqui), Aruba é conhecida pelas suas águas cristalinas e praias de areia branca, no entanto, decidimos para o nosso último dia, explorar também o “lado rural” da ilha.

Durante a manhã, exploramos o farol Califórnia (The California Lighthouse) situado a noroeste (WestPunt) da ilha e a formação rochosa Ayo e Casibari. Estas formações dramáticas são formadas por rochas com tamanhos de casas pesando várias toneladas.

A lenda conta que os indígenas Arawak visitariam este lugar a fim de ouvir as futuras trovoadas e gravavam/desenhavam sobre as rochas. Havia muito vento nesta região (daí o meu cabelo estar constantemente na minha cara) mas a vista no topo das rochas definitivamente merece uma visita.

A fauna e a vegetação é muito menor comparando com Grenada ou Dominica, porém gostei muito do fato desta ser composta principalmente por catos e árvores Divi-Divi (fez me lembrar o Far West americano, admito).

Aruba é definitivamente o destino perfeito se queres relaxar num bom resort, desfrutar de bons restaurantes (há um muito bom italiano chamado La Trattoria El Faro Blanco mesmo em frente ao farol Califórnia com uma incrível vista para o mar) e te divertires com as suas variadíssimas atividades subaquáticas. A nível de visitas rurais, aconselho-te a visitar estes dois lugares: o Farol e a formação rochosa Ayo e Casibari. Aruba não é uma ilha tropical, é sim uma ilha deserta com praias maravilhosas!

Se tiveres qualquer dúvida, estás a vontade para me deixar um comentário, ou se conheces Aruba, as tuas recomendações são as bem-vindas! Estarei muito contente de as ler e dar-te o meu feedback.

Desejo-te tudo de bom e até breve!

Beijinhos, Melanie

Creditos
Autor: Melanie Martins
Fotografia: Diogo Novo

You may also like

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *