Ilhas Virgens dos EUA: O Paraíso Americano!

Charlotte Amalie, US Virgin IslandsMelanie Martins, Charlotte Amalie, US Virgin IslandsCharlotte Amalie, US Virgin IslandsMelanie Martins

Bem-vindo ao Paraíso Americano: As ilhas Virgens!

Oi meninas! Depois das Bahamas, seguimos a nossa viagem até às lindíssimas Ilhas Virgens Americanas, atracando perto da sua capital: Charlotte Amalie.

Localizada na ilha principal, St. Thomas, Charlotte Amalie é conhecida pelos seus incríveis pores-do-sol e vistas de tirar o fôlego, principalmente aquelas desde o Blackbeard’s Castle. Terra de muitos Piratas, histórias escondidas ou histórias por contar, o que sabemos ao certo sobre este paraíso recolhido?

As Ilhas Virgens Americanas: Um Território Holandês

Se bem que desde 1500 A.C. esta ilha já se encontrava habitada pelos Indo-Americanos,  St. Thomas foi descoberta por Cristóvão Colombo na sua segunda viagem pelas Américas dando às ilhas o nome de “Virgens” em honra à épica e trágica lenda de St. Ursula, Uma Santa cristã, e as 11,00 virgens martirizadas.

Pode ser difícil de acreditar mas as praias de areia branca, as águas cristalinas e a magnifica vegetação de St. Thomas,  pouco impressionou Cristóvão Colombo pois quando este atracou em 1493 nem a reclamou para a coroa espanhola.  Perda para Espanha. Ganho para os piratas. A ilha rapidamente se tornou num paraíso para famosos corsários.

Aproveitando a oportunidade para estabelecer uma rota de comércio nas Américas, agentes da Dutch West India Company estabeleceram as primeiras bases em 1672. Assim sendo, St. Thomas, St. John, St. Croix, Water Island e ilhas menores tornaram-se oficialmente parte do território Holandês até serem vendidas aos EUA por US$ 25 Milhões em 1917.

Podemos encontrar diversos vestígios do período holandês tal como as maravilhosas manor houses listadas na Registo Nacional dos Lugares Históricos e o Blackbeard’s Castle (ver em baixo).

BlackBeard's Castle, Charlotte Amalie, US Virgin IslandsBlackBeard's Castle, Charlotte Amalie, US Virgin Islands99 Steps and Haagensen House, Charlotte Amalie, US Virgin Islands

Blackbeard’s Castle

Construído em 1679 para vigência militar, acredita-se que os piratas usaram o Blackbeard’s Castle para espiar os navios atracados no Porto de Charlotte Amalie para roubar as suas mercadorias nomeadamente o Pirata de Barbas Negras daí o nome “Blackbeard’s Castle”. Hoje em dia, esta torre de guarda é um ponto turístico imperdível e muito popular em Charlotte Amalie que pode ser alcançado subindo pelos “99 steps” (99 degraus) (podes ver as escadas dos 99 degraus na foto de cima) ou através dum tour. Oh! Já agora! Adjacente ao Blackbeard’s Castle está uma cascata de dois andares cravada com mais de 12,000 pedaços de âmbar! A não perder!

99 Steps ou Store Taarna Gade

Os famosos 99 Steps de Charlotte Amalie (Nome original Store Taarne Gade o que significa A Estrada da Grande Torre) ligam a parte superior e inferior da cidade, e na realidade, contém 103 degraus. Charlotte Amalie é única em criar escadarias com quase uma centena de degraus – frigangs chamavam-lhes os holandeses. Estas escadas foram construídas por volta de 1700 e mesmo que hajam inúmeras desse género espalhados pela cidade, essas tornaram-se as mais famosas e também as mais fotografada.

A Haagensen House

Durante a nossa visita tivemos algumas casas históricas localizadas nos antigos quarteirões da cidade incluídos na visita ao Castelo do Blackbeard.

As primeiras 3 casas incluídas foram a Villa Notman, a Britannia House e a Haagensen House. Cada uma mateve as suas mobílias originais para preservar o próspero ambiente vivenciado nos séculos de Glória dos seus proprietários. No entanto, a Haagensen House foi a que mais me impressionou e que aconselho plenamente.

Sunset at Charlotte Amalie, US Virgin Islands

Onde. O que. Como.

Onde fazer compras: St. Thomas é o local mais famoso das Caraíbas para se fazer compras graças ao seu porto isento de impostos . Excelentes compras em joalharia, relógios de luxo, licor e linhos. Não existe IVA e a Alfândega dos EUA é bastante generosa nas quantidades de álcool.  As lojas estão abertas das 9h até às 17h, de segunda à Sábado. Domingo das 9h à 1h. No entanto, as lojas de Havenshight estão normalmente abertas até mais tarde. Se fores ate à Main Street em Charlotte Amalie irás encontrar inúmeras lojas e restaurantes.

O que comer: Após séculos de influências Europeias e Africanas, St. Thomas é um lote de delícias culinárias. Desde os Fritos de abóbora, kallaloo (semelhante ao gumbo – uma especialidade feita à base de arroz com camarões, frango e chouriço), johnycakes, ervilhas com arroz, enfim estes são apenas alguns das predições que esta ilha tem para oferecer. No mercado vende-se pargo, garoupa, savelhas e atum fresco por isso são peixes que pode pedir sem problemas em qualquer restaurante. Por fim, não se pode resistir aos frutos exóticos que imitam as cores do arco-íris: Mangas, papaia, maracujá, goiaba e abacaxi.

Como chegar a St. Thomas: Se estás a viver nos EUA, tens voos diretos desde $150 viagem ida e volta (desde MIA). Se és americano, não precisas de nenhum VISA ou passaporte, só precisas de trazer o teu BI (State ID). Para os estrangeiros, apenas o Passporte é necessário com o ESTA em dia.

Já foste às US Virgin Islands? Já conhecias?

Não te esquecas de paritlhar!

Vemo-nos no meu próximo Post sobre a melhor praia do mundo: Magen’s Bay.

Beijinhos, Melanie

Créditos:
Fotografia: Diogo Novo
Fonte: Princess Cruise Port Guide

You may also like

2 comments

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *