Trunk Bay: A joia escondida

Trunks Bay, St. JohnMelanie MartinsTrunks Bay, St. JohnMelanie MartinsTrunks Bay, St. JohnMelanie MartinsMelanie Martins

Antes de voltar para a Europa, passamos um último dia no Caribe. Desta vez num paraíso secreto e discreto chamado Trunk Bay, em St John nas Ilhas Virgens Americanas. Nomeada uma das mais belas praias do mundo, não admira que se tem que pagar uma taxa de US $2 para aceder à praia + um táxi para leva-lo até lá. No entanto, vale totalmente a pena!

A água é tão limpa, quente e clara que parece ter vindo diretamente de uma piscina. Trunk bay está localizado em St. John, numa das Ilhas Virgens Americana, e um ferry está disponível a partir de St Thomas a cada hora ou meia hora, dependendo da temporada. Com menos turistas, esta ilha irá definitivamente surpreender-te pelos seus deslumbrantes parques naturais, praias, paisagens e sua boa vibe.

Admito, queria ficar apenas 1 hora na praia e passar o resto do dia descobrindo a ilha, mas quando lá chegamos apercebemo-nos que iria ser bem difícil d’ir embora. Foi tão difícil que perdemos até o ferry para voltar a St Thomas, a fim de apanhar o nosso cruzeiro!

Fiquei completamente em stress e pânico! O próximo ferry partia somente dentro de 30 minutos e chegava às 16:45 em St Thomas com o seu barco saindo às 5! Além disso, uma vez em St Thomas ainda tinhamos que apanhar um táxi para Charlotte Amalie (que leva 30 minutos para chegar lá)!

Havia apenas uma maneira de chegar lá a tempo: o ferry deveria acelerar! E muito! De 45 minutos para… 20min! Desesperados, entramos no ferry à procura do capitão e da sua tripulação, explicamos a nossa situação e pedimos para que fizesse o seu máximo para chegarmos a tempo em St. Thomas, demos um aperto de mão e umas notas… “Sente-se e relaxe meu amigo!” disse o capitão sorridente. 20mins depois estávamos nós a chegar a St. Thomas, e um taxi encontrava-se a nossa espera! O capitão estava certo! Bastava mesmo relaxar. Entramos no Taxi e que nem Fast & Furious voamos em direção ao porto de Charlotte Amalie.

As portas estavam fechando, mas a tripulação viu 2 passageiros correndo que nem loucos para entrar a tempo no barco, sorriram e aguardaram. Finalmente lá chegamos…às 4,59!

You may also like

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *